16 de fevereiro de 2016

Pizzas na Itália: Dicas

             
          A pizza é um produto de ponta da gastronomia italiana, famoso em todo o mundo, e é de origem específica napolitana. O radical da palavra "Pizza" pode ser derivado da palavra "pinsa", que é o particípio do passado do verbo latim "Pinsere", que significa "amassar".
           Existem três tipos de pizza: a pizza redonda individual;  a "pizza al taglio" (em pedaço), também chamada de "pizza in teglia" (feita em forma de metal), geralmente retangular e consumida em fatias retangulares ou quadradas; e a "pizza alla pala", parecida com a "al taglio", mas vendida por peso, e é chamada também de pizza a metro (pizza de metro). Além das suas diferentes formas, existem também diferenças de massas e modo de fazer dependendo da região que ela é feita. As pizzas em Roma, por exemplo, são mais crocantes, e a napolitana, mais macia e fina, tem bordas e tem formato redondo.
               Ah, e não se esqueça que na Itália é permitido comer pizza com as mãos!
              Confira agora as dicas de lugares para comer pizza em cada cidade, de Roma até Milão. 

Pizza em Roma

            Se você estiver passeando pelos arredores da Piazza Spagna, ou tiver chegado pelo metrô Spagna, logo na saída verá uma pizzaria chamada Mariotti. Lá foi onde eu comi a minha primeira pizza italiana. Foi no meu primeiro dia em Roma e eu estava morrendo de fome, pois tinha chegado do Brasil de manhã e não tinha comido nada além do café da manhã do avião. Pedi a clássica Margherita, e fui andando enquanto saboreava a pizza em pedaço (alla pala). Em um outro dia, peguei o metrô de noite e voltei lá para jantar uma pizza de abobrinha (zucchine).
Hahahaha! Saboreando a primeira pizza na Itália. Amor à primeira vista.

            Perto do Vaticano, onde me hospedei, tem várias pizzarias. Eu fui na Habemus Pizza (pizza al taglio), e na " La cappa d'oro" (pizza redonda), e escolhi como minha favorita a Margherita de "La cappa d'oro", que estava uma delícia.
Pizza Margherita em Roma, no restaurante "La cappa d'oro".

          Uma das surpresas de Roma, foi ter conhecido a Gabriela, do blog Kitchen Brasita, e seu marido Riccardo, que foram uns amores comigo e me convidaram para ir na pizzaria "Deus Pinsa". E sobre esse dia, fiz um post contando como foi e como é a pizza de lá, e que você pode conferir AQUI.
Pizza da pizzaria "Deus Pinsa".

Pizza em Siena

          Como eu estava comendo muita pizza na Itália, decidi variar um pouco a minha alimentação entre risotto, pasta e o que tivesse, e quando dava saudade, pedia pizza de novo. Mas em cada cidade que passei comi a pizza de lá com exceção de "San Gimignano", pois me rendi a um risotto maravilhoso de flores de abobrinha, com tartufo e uma espécie de javali. Mas voltando ao assunto "pizza", em Siena jantei todos os dias no mesmo lugar: restaurante "Fontebecci". Ia lá porque era do lado do hostel, e não tinha como ir fácil pro centro à noite (o hostel ficava longe do centro), pois não tinha muito horário de ônibus disponível. Ainda bem, pois o restaurante era maravilhoso, e lá comi uma pizza de rúcula deliciosa, além de gnocchi e calzone (ah, que saudade!).


Uma foto publicada por Natália Pessini (@natalia_pessini) em

Pizza em Florença


            Se você estiver se hospedando no Plus Florence Hostel, como eu fiquei, tem uma pizzaria bem perto na mesma rua, chamada Il Giardino di Barbano. Lá eu pedi uma pizza de presunto cozido (tipo desses que vemos no Brasil), mas não gostei muito não. Acho que cheguei em Florença muito exigente com a pizza e esperava um pouco mais. Mas não era tão ruim assim, vai! só que experimentei pizzas melhores antes. Um outro dia, voltando de um passeio de degustação de vinhos, andando na mesma rua em direção ao hostel, parei na Trattoria Bondi e pedi uma pizza de rúcula com lascas de queijo grana (huuummmm). Aí, sim! estava uma delícia!
Pizza de Rúcula com grana na Trattoria Bondi.

Pizza em Veneza

             Veneza por si só já é um espetáculo e diferente de tudo, e foi lá que comi a pizza mais diferente: a pizza patatosa! Era uma pizza normal, mas com batatas fritas em cima! Foi em um dia que eu estava perdida pelas calles da cidade (pra variar um pouco, se tratando de Veneza) e parei por lá. Ainda bem que guardei a "ricevuta" (comprovante de pagamento) para lembrar o nome do restaurante: Ristorante da Stefano. Mas vou te dizer, que essa pizza não foi uma das melhores não.
Comprovante da minha refeição em Veneza no Ristorante da Stefano.

Pizza em Verona

               Como em todos os lugares, eu decidia jantar sempre em um local próximo do hotel que hospedava. Em Verona comi pizza na Bella Napoli. Mamma mia! Foi lá que experimentei a pizza a carbonara (feita de ovos e pancetta). Dá água na boca só de lembrar.... Nesse dia depois dessa pizza ainda comi uma salada de frutas gigantesca! não dá pra acreditar né? mas é a pura verdade e tenho como comprovar (risos).
Pizza a carbonara na Bella Napoli.

Pizza em Milão

                Foi em Milão que experimentei a pizza em fatia que mais se parece com a nossa fatia do Brasil, em formato triangular. Pedi a margherita e nunca vi tanto queijo em cima de uma pizza! a massa era diferente também, e estava gostosa. O restaurante se chama Pizzeria Porta Garibaldi e fica pertinho do Eataly de Milão ao lado da Porta Garibaldi. Perdi a minha foto da pizza, mas achei no site deles a margherita igualzinha a que eu comi.
Pizza Margherita da Pizzeria Porta Garibaldi.
                  Deu pra perceber o tanto que comi pizza na Itália, né? não é para menos, já que amo esse prato! Fiquei apaixonada pela comida da Itália e principalmente pelas pizzas de lá que são um espetáculo à parte e diferente das pizzas do Brasil. Além de serem uma delícia, a pizza na Itália é o prato mais barato que vi, para um almoço e jantar, por exemplo. Você pode pagar em torno de 3 euros a 5 euros um pedaço (al taglio), e de 5 a 15 euros, mais ou menos, em uma pizza redonda.
                    É claro que não comi só pizza na Itália e também fui a outros restaurantes, mas tinha dias que eu ficava louca por uma fruta ou algo mais saudável. Em breve contarei mais sobre as minhas experiências gastronômicas na Itália, dando dicas de restaurantes em geral (não só para pizza). Fique ligado (a)!
                   Gostaram das dicas?

Leia também: 
Reações:

Um comentário:

Obrigada pelo seu comentário! ;)